You are currently viewing Há influência da composição corporal na metabolização do Canabidiol?

Há influência da composição corporal na metabolização do Canabidiol?

O componente não psicoativo da planta Cannabis Sativa L., mais conhecido como Canabidiol ou CBD possui diversas indagações sobre os efeitos fisiológicos benéficos, incluindo, mas não se limitando a, alívio de dor, ansiolítico, anticonvulsivante, antidepressivo, antioxidante e antiinflamatório.

Apesar do ânimo da indústria com o uso de CBD, as evidências científicas sobre as respostas fisiológicas parecem ser flutuantes, muitas vezes explicadas pela diferença na biodisponibilidade e/ou veículo de solubilidade de CBD e taxas de absorção intestinal individual quando administrado pela via oral.

Um estudo visou comparar a farmacocinética de 5 tipos de Fórmulas de CBD ao longo de 4 horas após a ingestão oral e se há relação estatística entre a velocidade de absorção e efeitos relacionados com a composição corporal individual. Foram recrutados 15 participantes, sendo 9 homens e 6 mulheres, com idade média de 29 anos, média de gordura corporal em kg de 1,4 kg e percentual de gordura de 26,2%.

  • Cada preparação continha uma dose padronizada e concentrada de 30ml de CBD em solubilizantes de água ou lipídeos:
  • Fórmula 178: Base de Tintura (gota de óleo MCT contendo isolado de CBD; administrado em 227mL de água)
  • Fórmula 203: CBD em pó diluído em água (CBD em pó, suspenso em água de osmose reversa, triglicerídeos de Cadeia Média, administrado em 227mL)
  • Fórmula 340: Líquido com 20% de concentração de CBD (água de osmose reversa, CBD, extrato de quillaja; administrado em 227mL de água)
  • Fórmula 472: Pó com 5% de concentração de CBD (CBD solúvel em água, sorbitol, amido alimentar modificado, sabores naturais, triglicerídeos de Cadeia Média, administrado em 227mL de água)
  • Fórmula 707: Líquido com 5% de concentração de CBD (Água de osmose reversa, goma arábica, CBD, Triglicerídeos de Cadeia Média, ácido cítrico; administrado em 227mL de água)

Os pesquisadores avaliaram:

  • A variabilidade cardíaca foi avaliada momentos antes e 30, 60, 120, 180, 240 minutos após a ingestão do CBD. Durante 11 minutos de respiração estimulada (metrônomo: 6 respirações por minuto) sinais de ECG brutos foram gravados.
  • O sangue venoso foi coletado imediatamente antes e 10, 20, 30, 45, 60, 120, 180 e 240 minutos após a ingestão de CBD.

Os resultados obtidos foram:

  • Houve uma diferença estatisticamente avaliada no batimento cardíaco (BC) dos avaliados. Fórmula 178 (BC de base 53 para 65 aos 240 minutos), Fórmula 203 (BC de base 58 para 67 aos 240 minutos), Fórmula 340 (BC base 56 para 64 aos 240 minutos), Fórmula 472 (BC base 54 para 66 aos 240 minutos) e Fórmula 707 (BC base 54 para 64 aos 240 minutos).
  • O T máx (tempo de absorção) da Fórmula 707 foi correlacionado com a altura (r=-0,44, p=0,099), conteúdo mineral ósseo (r=-0,53, p=0,04), massa magra (r=-0,60, p=0,017), massa livre de gordura (r=-0,60, p=0,017), massa corporal (r=-0,52, p=0,048) e % de gordura corporal (r=0,46, p=0,082). Quando essas variáveis foram consideradas juntas na regressão stepwise forward, apenas a massa magra permaneceu um preditor significativo (R2=0,365, P=0,017).
  • Da mesma forma, T max para 178 foi correlacionado com índice de massa corporal (r=0,63, p=0,016), conteúdo mineral ósseo (r=0,61, p=0,021), massa livre de gordura (r=0,46, p=0,095) e massa corporal (r=0,47, p=0,091). Regressão progressiva stepwise revelou que o único preditor significativo foi o índice de massa magra corporal (R2=0,397, p=0,016). As únicas outras relações de significância foram altura com 178 (r=0,58, p=0,03), idade com 707 (r=0,64, p=0,011).
  • O alto grau de variabilidade na absorção de CBD e a farmacocinética resultante após a ingestão que foram descritos anteriormente têm potenciais explicações: absorção intestinal variável, fórmulas pobres em CBD, solubilidade em água (baixa) e a variabilidade provocada pelo metabolismo individual.

Os pesquisadores concluíram que a Fórmula 707 pareceu superior às demais, tendo maior solubilidade e absorção a nível gastrointestinal, atribuídos aos componentes Goma Arábica e Triglicerídeos de Cadeia Média. A mesma fórmula também apresentou um preditor significativo para uma absorção mais rápida para indivíduos com massa livre de gordura maior.

Referência: Williams NNB, Ewell TR, Abbotts KSS, Harms KJ, Woelfel KA, Dooley GP, Weir TL, Bell C. Comparison of Five Oral Cannabidiol Preparations in Adult Humans: Pharmacokinetics, Body Composition, and Heart Rate Variability. Pharmaceuticals (Basel). 2021 Jan 6;14(1):35. doi: 10.3390/ph14010035. PMID: 33418866; PMCID: PMC7825058.

Link: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/33418866/

Por favor, aguarde.
Carregando...