You are currently viewing Papel do exercício na redução da compulsão alimentar.

Papel do exercício na redução da compulsão alimentar.

Sabemos que literatura sugere que a alta variabilidade em resposta ao exercício faz alguns indivíduos exibirem maior recompensa do gasto calórico com alimentos palatáveis, na qual eles mudam a quantidade, frequência e escolha do tipo de alimento. Entretanto, pouco se sabe a respeito da preferência e desejos de alimentos, após um longo período de exercício.

Para investigar esses efeitos, pesquisadores do Reino Unido submeteram 46 homens e mulheres com sobrepeso e obesidade a 12 semanas de treino aeróbio de moderada intensidade 5x/semana, até gastarem 500 kcal por sessão. O grupo controle com 15 sujeitos, não foi submetido à intervenção.

Antes e após 3 meses de treinamento, todos os participantes foram avaliados em jejum e após receberem uma refeição rica em gordura (54% gorduras; 38% carboidratos; 8% proteínas) ou rica em carboidrato (19% gorduras; 72% carboidratos; 8% proteínas). Apesar de diferentes distribuições nos macronutrientes, cada refeição teve aproximadamente 800 kcal.

Nos resultados, a soma de todos os treinos gerou déficit calórico de aproximadamente 28.000 kcal. Apesar disso, quem treinou reduziu, em média, 1,8 kg de peso corporal, 2,2 kg de massa gorda e 3,7 cm na circunferência abdominal. O grupo controle para as mesmas variáveis aumentou: 1,3 kg, 1,3 kg e 2,1 cm, respectivamente.

No comportamento alimentar antes do treinamento, ambos os grupos apresentaram maior preferência pela refeição rica em gordura. Após intervenção, apenas quem se exercitou reduziu a preferência (gostar e querer em jejum) pela refeição rica em gordura. Além disso, quem treinou reduziu compulsão ou a chance de comer demais em ambientes obesogênicos, e ficaram menos suscetíveis a sentimentos e sensações de fome ao ingerirem o alimento.

Devido à variabilidade, o efeito do exercício foi modesto. Mesmo assim, o estudo sugere que indiretamente, o treinamento é capaz de melhorar os hábitos dietéticos por influência em processos cognitivos que modula o sistema de recompensa.

Referência

Beaulieu K, Hopkins M, Gibbons C, et al. Exercise Training Reduces Reward for High-Fat Food in Adults with Overweight/Obesity. Med Sci Sports Exerc. 2020;52(4):900-908.

Deixe uma resposta

Por favor, aguarde.
Carregando...