Jejum intermitente e síndrome metabólica

Jejum intermitente e síndrome metabólica

Giliane Belarmino, nutricionista, Doutora e Pós-Doc em Ciências pela Faculdade da Medicina da USP e gerente científica do Ganepão apresentou um estudo publicado no periódico Cell Metabolism que demonstrou que limitar o consumo de alimentos a um período de 10 horas por dia resultou em perda ponderal e melhorou os distúrbios cardiometabólicos em mulheres com síndrome metabólica.

Para entender um pouco mais sobre o assunto, ASSISTA ao vídeo completo. E aproveite que temas como esse serão apresentados no Ganepão 2020, basta ACESSAR e garantir a sua inscrição.

Referência
Wilkinson MJ, Manoogian ENC, Zadourian A, et al. Ten-Hour Time-Restricted Eating Reduces Weight, Blood Pressure, and Atherogenic Lipids in Patients with Metabolic Syndrome. Cell Metab. 2020; 31(1):92-104.

Deixe uma resposta

Por favor, aguarde.
Carregando...